Fale-me do seu gosto musical e direi quem és...

                                             

 

Música clássica ou canções dos Beatles? Obras de Piscasso ou de Monet? Preferência não se discute, mas ela pode oferecer pistas sobre as características psicológicas de cada pessoa.

Sendo assim, um CD com as músicas preferidas de uma pessoa desconhecida pode funcionar como um cartão de visitas. Em 2006, na Universidade de Cambridge, na Inglaterra, foi realizada uma pesquisa onde se constatou que participantes que ouviram dez músicas preferidas de pessoas que não conheciam, tiveram conclusões assertivas sobre elas, em relação à forma de encarar experiências e novidades, como também em relação à extroversão.

A busca por emoções está relacionada também as preferências musicais.  Por exemplo, pessoas ávidas por sensações preferem, em geral, ouvir rock e composições clássicas. Os estilos que elas mais rejeitam são trilhas sonoras de filmes e cânticos religiosos, por considerarem monótonos. Logo, conclui-se que aqueles que conseguem relaxar melhor com as batidas de Marilyn Manson ou com free jazz revelam ter, além do gosto peculiar, uma considerável sede de estímulos.

Abaixo apresentamos uma relação que associa estilos musicais a características comportamentais. Lembrando que não se trata de determinismo, e sim, de um parâmetro obtido através de pesquisas.

 

              GÊNERO MUSICAL E PERSONALIDADE

Jazz e Clássico:  Descontraído, psicologicamente estável (adultos), emocionalmente instável (adololescentes)

Word Music:  Aberto a novidades, capaz de se impor, pouco empático

Oldies:  Pouco flexível, exigente

Folclórico:  Curioso, capaz de se impor, crédulo

Soul:  Atraído por novidades, altruísta, preocupado com o bem-estar alheio

Gospel:  Aberto, responsável, pouco impulsivo

Heavy Metal: Desorganizado, pouco preocupado com eficiência, ansioso por estímulos e novas experiências

Trilha de Filmes:  Amável, moderado, pouco afeito a mudanças, sem entusiasmo por novos estímulos

Pop e Country:  Extrovertido, amável, responsável pouco aberto a novidades

Rock e Punk:  Aberto a novas experiências, preocupado em ser aceito por seu grupo

Hinos Religiosos:  Pouco aberto a opiniões diferentes da sua, responsável e cordial

Rap e Hip-hop:  Impulsivo, indisciplinado, sociável, com sede de estímulos

Funk:  Extrovertido, indisciplinado, desorganizado e pouco preocupado com eficiência

Aonde você for, a Quantica.Radio vai estar com você!